Archive from febbraio, 2009
Feb 12, 2009 - Senza categoria    1 Comment

O FIM DA RELIGIÃO FALSA ESTÁ PRÓXIMO!

bg_01.jpgUMA MENSAGEM PARA O MUNDO INTEIRO

O FIM DA
RELIGIÃO FALSA
ESTÁ PRÓXIMO!

  • O que é a religião falsa?
  • Como será o seu fim?
  • Como você será afetado?

O que é a religião falsa? Você fica perturbado com os crimes cometidos em nome da religião? Fere seu senso de justiça saber de guerras, terrorismo e corrupção praticados pelos que afirmam servir a Deus? Por que a religião parece ser a causa de tantos problemas?

A culpa não é da religião em si, mas da religião falsa. Jesus Cristo, uma figura religiosa amplamente respeitada, indicou que a religião falsa produz obras más, assim como uma “árvore podre produz fruto imprestável”. (Mateus 7:15-17) Que frutos a religião falsa produz?

1. Soldados em batalha; 2. Cemitério; 3. Padre

A religião falsa . . .

INTROMETE-SE NA GUERRA E NA POLÍTICA: “Não apenas na Ásia, mas em toda a parte”, diz a revista Asiaweek, “líderes sedentos de poder manipulam cinicamente os sentimentos religiosos das pessoas, visando seus próprios interesses”. Por isso, a revista alerta: “O mundo está à beira da loucura.” Um destacado líder religioso nos Estados Unidos declarou: “Para acabar com as matanças, só matando os terroristas.” Qual foi a solução proposta por ele? “Acabem com todos eles em nome do Senhor.” Em contraste com isso, a Bíblia diz: “Se alguém fizer a declaração: ‘Eu amo a Deus’, e ainda assim odiar o seu irmão, é mentiroso.” (1 João 4:20) Jesus até mesmo disse: “Continuai a amar os vossos inimigos.” (Mateus 5:44) Quantas religiões você conhece cujos membros participam em guerras?

DIVULGA DOUTRINAS FALSAS: A maioria das religiões ensina que a alma, ou o espírito, é uma parte invisível do homem que continua viva após a morte. Com essa doutrina, muitas religiões exploram seus membros, cobrando para rezar pela alma dos mortos. No entanto, a Bíblia ensina uma doutrina diferente. “A alma que pecar — ela é que morrerá.” (Ezequiel 18:4) “Os viventes estão cônscios de que morrerão; os mortos, porém, não estão cônscios de absolutamente nada.” (Eclesiastes 9:5) Jesus ensinou que os mortos serão ressuscitados — algo desnecessário se o homem tivesse uma alma imortal. (João 11:11-25) Sua religião ensina que a alma não morre?

TOLERA O SEXO IMORAL: Em países ocidentais, grupos religiosos nomeiam gays e lésbicas como ministros em suas igrejas e pressionam o governo a reconhecer o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Até mesmo igrejas que condenam a imoralidade toleram líderes religiosos que abusaram sexualmente de crianças. Mas o que a Bíblia ensina? Ela diz de forma clara: “Não sejais desencaminhados. Nem fornicadores, nem idólatras, nem adúlteros, nem homens mantidos para propósitos desnaturais, nem homens que se deitam com homens . . . herdarão o reino de Deus.” (1 Coríntios 6:9, 10) Conhece religiões que fazem vista grossa ao sexo imoral?

Qual é o futuro das religiões que produzem frutos podres? Jesus alertou: “Toda árvore que não produz fruto excelente é cortada e lançada no fogo.” (Mateus 7:19) Isso mesmo, a religião falsa será derrubada e destruída! Mas como e quando isso vai acontecer? Uma visão profética registrada no livro bíblico de Revelação (ou Apocalipse) capítulos 17 e 18 responde a essa pergunta.

A religião falsa exerce influência “sobre os reis da terra”

1. Uma meretriz cavalgando sobre uma fera de sete cabeças; 2. A fera destruindo a meretriz

“Saí dela, povo meu”

Como sera o fim da religião falsa?

Imagine a cena: uma prostituta está montada numa fera assustadora. A fera tem sete cabeças e dez chifres. (Revelação 17:1-4) A quem a prostituta representa? Ela exerce influência “sobre os reis da terra”. Veste-se de púrpura, usa incenso e é extremamente rica. Além disso, ‘todas as nações são desencaminhadas’ pelas práticas espíritas dela. (Revelação 17:18; 18:12, 13, 23) A Bíblia nos ajuda a entender que essa prostituta é uma entidade religiosa mundial. Ela não representa uma religião específica, mas todas as religiões que produzem frutos podres.

A fera em que a prostituta está montada representa poderes políticos do mundo.* (Revelação 17:10-13) A religião falsa está montada nessa fera política, tentando influenciar suas decisões e controlar seu rumo.

Em breve, porém, acontecerá algo espantoso. “Os dez chifres que viste, e a fera, estes odiarão a meretriz e a farão devastada e nua, e comerão as suas carnes e a queimarão completamente no fogo.” (Revelação 17:16) Numa manobra repentina e chocante, poderes políticos do mundo se virarão contra a religião falsa e a destruirão completamente! O que desencadeará essa ação? O livro bíblico de Revelação responde: “Deus pôs nos seus corações executarem o pensamento dele.” (Revelação 17:17) Sim, Deus exigirá da religião falsa uma prestação de contas por todos os atos repugnantes que ela cometeu em Seu nome. Agindo com perfeita justiça, Deus usará os amantes políticos dela como seu instrumento de execução.

O que você deve fazer se não quiser ter o mesmo fim da religião falsa? “Saí dela, povo meu”, ordena o mensageiro de Deus. (Revelação 18:4) Realmente, agora é a hora de fugir da religião falsa! Mas fugir para onde? Não para o ateísmo, pois seu futuro também é tenebroso. (2 Tessalonicenses 1:6-9) O único refúgio é a religião verdadeira. Como você pode identificar a religião verdadeira?

Como identificar a religião verdadeira

Que frutos bons a religião verdadeira deve produzir? — Mateus 7:17.

1. Grupo de pessoas felizes de várias nacionalidades; 2. Bíblia aberta; 3. Garota abraçando sua mãe

A religião verdadeira . . .

DEMONSTRA AMOR: Os verdadeiros adoradores “não fazem parte do mundo”, não são divididos por raça ou cultura e demonstram ‘amor entre si’. (João 13:35; 17:16; Atos 10:34, 35) Em vez de matar uns aos outros, estão dispostos a morrer uns pelos outros. — 1 João 3:16

CONFIA NA PALAVRA DE DEUS: Em vez de ensinar ‘tradições’ e ‘mandamentos de homens como doutrinas’, a religião verdadeira baseia seus ensinamentos na Palavra de Deus, a Bíblia. (Mateus 15:6-9) Por quê? Porque “toda a Escritura é inspirada por Deus e proveitosa para ensinar, para repreender, para endireitar as coisas”. — 2 Timóteo 3:16.

FORTALECE AS FAMÍLIAS E PROMOVE ELEVADOS PADRÕES DE MORAL: A religião verdadeira ensina os maridos a ‘amar a esposa como ao seu próprio corpo’, ajuda as esposas a desenvolver ‘profundo respeito pelo marido’ e instrui os filhos a ‘ser obedientes aos seus pais’. (Efésios 5:28, 33; 6:1) Além disso, os que ocupam cargos de responsabilidade têm de ter uma moral exemplar. — 1 Timóteo 3:1-10.

Será que alguma religião satisfaz esses critérios? O livro Holocaust Politics (A Política do Holocausto), publicado em 2001, diz: “Se mais pessoas praticassem basicamente o que as Testemunhas de Jeová pregam e praticam, o Holocausto poderia ter sido evitado, e o mundo nunca mais seria afligido pelo genocídio.”

É verdade, em 235 terras, as Testemunhas de Jeová não só pregam os padrões de moral da Bíblia, mas também vivem de acordo com eles. Nosso forte incentivo é que você peça a ajuda das Testemunhas de Jeová para aprender o que Deus exige de você, de modo que sua adoração seja aceitável a ele. Agora é o tempo de agir. Não espere mais. O fim da religião falsa está próximo! — Sofonias 2:2, 3.


*  Para uma explicação detalhada desse assunto, veja o livro Revelação — Seu Grandioso Clímax Está Próximo!, publicado pelas Testemunhas de Jeová

fonte : http://www.watchtower.org/t/kn37/article_01.htm

Feb 12, 2009 - Senza categoria    No Comments

O Fim das Religiões esta Proximo !!!

Uma das acusações mais comuns que são feitas às religiões é que elas causam mais violência do que mesmo a paz. Por essa ótica, o mundo seria um lugar melhor e mais seguro sem elas e suas rixas. Evidentemente, quem conhece um pouco da história das religiões não tem dúvida de que essa concepção tem certo fundo de verdade.

Os constantes ataques à religião por parte de intelectuais, cientistas e pesquisadores não param de crescer nestes últimos dias. Numa entrevista, o cantor inglês Elton Jonh disse que a religião transforma as pessoas em “roedores detestáveis”. Já a apresentadora de televisão Rosie O’Donnell nos Estados Unidos também se manifestou publicamente por comparar a Cristandade com o islamismo radical. Por outro lado, livros e mais livros publicados por cientistas de renome internacional contra a religião estão ultimamente na moda.

A revista época/Brasil, de 13.11.2006, trouxe reportagem e, entre outros tópicos, há um que pergunta: “Como seria o mundo sem religião?” Então, apresenta um documentário do cientista Richard Dawkins, que usa um dos versos da música “Imagine”, de John Lennon: “Imagine nenhum homem-bomba, nenhum 11 de setembro, nenhuma cruzada, nenhum conflito na Irlanda (entre católicos e protestantes), nenhuma guerra entre Israel e Palestina”.

Uma pergunta: Como será o fim da religião? Para compreendermos como será o fim da religião, precisamos observar a história da cidade de Babilônia. Naquela época, Deus direcionava nações poderosas para punir aos que desrespeitassem suas leis. Babilônia estava infestada por toda sorte de idolatria, mas numa só noite foi tomada pelos medos e persas em 539 AEC, conforme havia sido profetizado por Isaías duzentos anos antes de Cristo.

A Babilônia atual, representada pelo o Império Mundial da Religião Falsa, está sentada sobre muitas águas. Simbolicamente, águas representam “povos e multidões, e nações, e línguas”. Babilônia, a Grande, tem um reino sobre os reis da terra (os governos políticos). No passado, comentaristas bíblicos achavam que esta “Babilônia ou Meretriz” seria apenas uma religião; porém, ao passo que as religiões foram se distanciando da moralidade, se intrometeram na política, apostataram das doutrinas bíblicas e esse conceito deixou de existir. Leia a profecia bíblica que mostra como será o fim da Religião: “E os dez chifres e a fera, estes odiarão a meretriz e a farão devastada e nua, e comerão as suas carnes e a queimarão completamente no fogo porque Deus pôs o seu pensamento em seus corações” (Revelação/Apocalipse, 17: 16, 17).

Há muito simbolismo no livro Apocalipse. Esta fera não poderia ser um animal literal, pois Daniel teve visões proféticas de animais que simbolizaram governos políticos. Entretanto, para destruir as religiões, Deus usará uma instituição de destaque, a (ONU) Organização das Nações Unidas. Não é uma tarefa fácil destruir a religião, é como cutucar o cão com uma vara curta. Mas, como predisse a profecia bíblica, Deus é quem irá dirigir os governantes mundiais a fim de cumprirem o Seu propósito. Já foi proposto na ONU o fim das religiões por as acusarem de promover guerras, terrorismo e toda sorte de violência em nome de Deus. Esta proposta se concentra em cláusulas, que vai desde a proibição de reuniões públicas, distribuição de publicações bíblicas, uso de símbolos religiosos, chegando à penalidade máxima, que seria a demolição de Templos predominantemente religiosos, como Igrejas, Mesquitas.

Muitos não acreditam que os governos destruirão a religião pelo fato de serem apoiados por ela em sentido político e comercial, porém, como predisse a profecia bíblica, isso irá acontecer porque é o próprio Deus que incutirá em seus corações mentais o seu pensamento. Todavia, pelo andar da carruagem, este acontecimento gigantesco está às portas. Certo comentaria disse: “Se a religião for destruída, o mundo passará a viver um tremendo caos e o Alto-Comércio será afetado drasticamente”. Este pensamento está corretíssimo caso as festas religiosas, como o natal, a páscoa, dentre outras, deixarem de existir. Assim sendo, os comerciantes irão se lamentar porque não encontrarão quem queira comprar as suas bugigangas religiosas.

Nesta época final, a religião está reescrevendo sua história com muito sangue. O mapa da intolerância se expande de modo atemorizante. Não é de se admirar que pesquisadores relatem que os conflitos no Oriente Médio e em outros continentes sejam de origem religiosa, e alertam a comunidade internacional que poderão se alastrar pelo mundo inteiro. Certamente, não dá pra se negar que as guerras, o terrorismo e a violência, de modo direto ou indireto, não sejam de cunho religioso, até porque, os que afirmam publicamente conhecerem ao Deus Altíssimo, o repudiam pelas suas obras. à medida que o descrédito na Religião aumenta, as pessoas vão se tornando mais amantes de prazeres do que amantes de Deus e, por sua vez, afloram a violência e imoralidade. Não é por acaso, que a mídia tem publicado que os feriados religiosos se tornaram mais profanos e violentos do que os seculares.

Os ensinos e as práticas da antiga Babilônia levaram a nação à excessiva imoralidade e à violência. Hoje, quando os líderes religiosos desprezam as regras de moral da Bíblia, a imoralidade se alastra, tanto entre o clero, como entre os seguidores. Assim sendo, o conceito de que a religião reconduzia o homem a Deus ficou para trás.

Talvez você pense que não há alternativa para sobreviver à destruição; no entanto, ao analisarmos as escrituras gregas, observamos nelas que o próprio Cristo, apesar ter exposto a hipocrisia dos líderes religiosos (os fariseus), ensinou aos seus discípulos a praticar a adoração correta. Para encontrar a religião que têm a aprovação de Jeová, a princípio, observe que seus membros mantêm a neutralidade política e militar e pregam o Reino de Deus como sendo a única solução para os problemas humanos. Entretanto, se a sua religião não tem essas três características, você deve repensá-la e acatar o aviso de Deus: “Saí dela povo meu, se não quiserdes ser participantes de suas pragas, pois os pecados dela se acumularam até o céu e Deus se lembrou de seus atos injustos.” (Revelação/Apocalipse 18: 4).

Não adiantaria optar pela religião falsa, pela neutralidade ou correr para o ateísmo. Jeová, o nosso Grandioso Instrutor, nos incentiva a Lhe adorar em espírito e verdade. Para alcançarmos este imensurável privilégio, precisamos absorver orientação perita por meio de um estudo bíblico, sério e regular. Se agir assim, poderá sobreviver ao fim da religião falsa e do Armagedon, a Guerra do Grande dia de Deus, para viver eternamente, em felicidade, aqui mesmo na terra! (Salmo 37: 9 – 11)