Set 24, 2009 - Senza categoria    No Comments

ONU aprova resolução pró-desarmamento nuclear

Conselho de Segurança da ONU aprova resolução pró-desarmamento nuclear

Próximos meses serão ‘cruciais’ para a não-proliferação, diz Obama.
Ele é o primeiro norte-americano a presidir uma cúpula do conselho
obama.jpg

O Conselho de Segurança da ONU aprovou nesta quinta-feira (24), por unanimidade, uma resolução apelando pela não-proliferação nuclear.

A resolução foi proposta pelos Estados Unidos, que atualmente presidem o conselho. A sessão é conduzida pelo presidente dos EUA, Barack Obama, que disse que os próximos meses serão “cruciais” para os esforços de não-proliferação.

 A resolução 1887, redigida pelos Estados Unidos, pede aos Estados membros do Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP), de 1970, que respeitem suas obrigações, e que os demais se somem a ele como países sem armas atômicas, para torná-lo universal.

“Convoquei esta cúpula para que possamos tratar no nível mais alto de uma ameaça fundamental à segurança de todos os povos e todas as nações — a disseminação e o uso de armas nucleares”, disse Obama ao conselho.

“Esta própria instituição foi fundada na aurora da era atômica, em parte porque a capacidade humana de matar precisava ser contida, e, embora tenhamos evitado um pesadelo nuclear durante a Guerra Fria, agora enfrentamos proliferação de âmbito e complexidade tamanhas que requerem novas estratégias e novas abordagens.” 

 
obbama.jpg  
  Mudança à vista

Diplomatas e analistas disseram que a decisão dos EUA de organizar a cúpula assinala uma mudança acentuada na política de desarmamento, promovida pela administração Obama. O predecessor de Obama, George W. Bush, desagradou a muitos signatários do TNP por ignorar os compromissos de desarmamento assumidos por governos americanos anteriores.

A resolução também exortou “outros Estados” não signatários do TNP a unir-se aos esforços de desarmamento para livrar o mundo das bombas atômicas.

Esses Estados, não citados por nome na resolução, são o Paquistão e a Índia, que não assinaram o TNP mas sabidamente possuem arsenais atômicos, e Israel, que não confirma nem nega possuir armas nucleares, mas acredita-se que possua um arsenal considerável de ogivas.

A Coreia do Norte abandonou o TNP em 2003 e testou seu primeiro artefato nuclear em 2006 e outro este ano.

A resolução também pede que os países membros da ONU ratifiquem um tratado que proíbe a realização de testes nucleares e manifesta apoio às negociações sobre a proibição da produção de materiais físseis para ogivas.

A resolução reafirma o compromisso do Conselho de Segurança de “buscar um mundo mais seguro para todos e criar condições para um mundo sem armas nucleares”.

O documento pede que sejam ampliados os esforços para impedir a proliferação de armas nucleares, promover o desarmamento e reduzir o risco de “terrorismo nuclear”.

A reunião no Conselho de Segurança ocorre um dia depois do discurso de estreia do presidente americano na Assembleia Geral da ONU, em que ele citou a necessidade de impedir a proliferação de armas nucleares como um dos quatro principais desafios enfrentados pelo mundo atualmente.

fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2009/09/090924_nuclearonuobama_ac.shtml

http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1316548-5602,00-CONSELHO+DE+SEGURANCA+DA+ONU+APROVA+RESOLUCAO+PRODESARMAMENTO+NUCLEAR.html

( Jeremias 10:23 leia em sua Biblia )

ONU aprova resolução pró-desarmamento nuclearultima modifica: 2009-09-24T10:55:00+00:00da wilitalia
Reposta per primo quest’articolo

Lascia un commento